OS NOTÁVEIS BENEFICIOS DO BRÓCOLIS PARA A SAÚDE,E COMO AUMENTAR SEU POTENCIAL NA LUTA CONTRA O CÂNCER.

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Os vegetais fornecem uma ampla variedade de benefícios para a saúde, mas alguns parecem ter mais potencial do que outros para prevenir enfermidades. O brócolis  pertence a esta categoria, sendo amplamente estudado por seus muitos efeitos na saúde.

A pesquisa mostra que estes vegetais crucíferos ( da mesma família do couve de Bruxelas, couve, couve-flor), podem reduzir o risco de muitas doenças comuns, incluindo, entre outras a:

  • Artrite
  • Câncer
  • Hipertensão arterial e doenças do coração
  • Doença renal
  • Diabetes

O Brócolis  contém diversos compostos que estimulam a saúde.

Quando você consome brócolis, você recebe dezenas e talvez até centenas de super nutrientes que ajudam a alcançar uma ótima saúde por todo o seu corpo, isto inclui entre outros:

  • Fibra, que ajuda a nutrir a microbiota intestinal e reforçar a sua função imunológica.
  • sulforafano, um composto orgânico contendo enxofre de origem natural que tem demonstrado uma potente ação anti-câncer.

Várias pesquisas têm demostrado que o sulforafano causa a apoptose (morte celular programada) em células de câncer do cólon, da próstata, seio e pulmonar induzidos pelo consumo de tabaco.

Consumir três porções de brócolis por semana pode reduzir em mais de 60% o risco de câncer da próstata.

O sulforafano estimula a produção de enzimas para proteger os vasos sanguíneos e reduz em cerca de 73% o número de moléculas que causam danos às células conhecidas como espécies reativas de oxigénio (ROS)

Curiosamente, o sulforafano é um estimulante imunológico e também um antiinflamatorio.

Ele também ajuda a aumentar os níveis de testosterona, inibe a retenção de gordura no corpo, ajuda a desintoxicar-se de produtos cancerígenos,  bloqueia certas enzimas vinculadas à destruição articular, e ajuda a proteger os músculos contra danos induzidos pelos exercício.

Leve em consideração que o brócolis cozido diminui sua capacidade de produzir sulforafano, já que a enzima mirosinase, que converte glucoraphanin em sulforafano, é rapidamente destruído, durante o processo de cozimento.

  • O glucoraphanin, um precursor de glucosinolatos de sulforafano, também influencia o processo de carcinogênese e mutagénesis. Em comparação com o brócolis maduro, o brotos de brócolis pode conter até 20 vezes mais glucoraphanin.
  • Os compostos fenólicos, incluindo flavonóides e ácidos fenólicos, que têm uma poderosa capacidade de eliminar os radicais livres que causam danos, e aliviar a inflamação, resultando numa redução do risco de doenças tais como a asma, a diabetes tipo 2 e doenças do coração.

Uma das maneiras dos compostos fenólicos retardarem a progressão da doença é mediante a defesa contra a infecção, mais dramaticamente com a ROS  ligada a aterosclerose e as doenças neurodegenerativas, tais como doença de Parkinson e doença de Alzheimer.

  • Diindolylmethane (DIM). Seu corpo produz DIM quando os vegetais crucíferos são destruídos. Como muitos outros compostos do brócolis, o DIM tem demonstrado muitas vantagens potenciais, incluindo melhorar o seu sistema imunológico e ajudar a prevenir ou tratar o câncer.

O brócolis reduz o risco de esteatose hepática e câncer do fígado.

A doença hepática não-alcoólica (EHNA), que afecta cerca de 25 por cento dos norte-americanos,  incluindo as crianças, é definido como uma acumulação excessiva de gordura no fígado, na ausência de consumo significativo de álcool.

O consumo excessivo de carboidratos líquidos, especialmente frutose em refrigerantes e sucos, está fortemente associada com a doença hepática gordurosa não alcoólica, que, se não tratada, pode aumentar o risco de carcinoma hepatocelular (câncer de fígado).

A razão para isto é porque, ao contrário de outros açúcares, quase toda frutose consumida são transportados para o fígado, e se for consumida grandes quantidades deles tem o risco de causar  danos no fígado na mesma proporção do álcool e outras toxinas.

Como observado em um estudo de 2015: “…os carboidratos ingeridos são mais propensos a contribuir diretamente ao fígado gorduroso não alcólico, que a ingestão de gordura na dieta.”

Os efeitos de gordura a droga pró-inflamatória e frutose parecem ser devido a ATP transiente (a forma de armazenamento de energia química) esgotamento, de acordo com o estudo. Este, por sua vez, conduz à formação do ácido úrico, no qual os níveis excessivamente elevados atua como um pro-oxidante dentro das suas células.

De acordo com um estudo animal publicado no início deste ano, o consumo a longo prazo de brócolis pode reduzir suas chances de desenvolver esteatose hepática e câncer de fígado causada pela dieta padrão americana, reduzindo os níveis de triglicéridos no fígado.

Os benefícios superiores de brotos de brócolis

Uma excelente alternativa se você não gosta do sabor (ou cheiro) de brócolis é comer os brotos de brócolis. Sementes germinadas de brócolis também são muito, nutricionalmente falando, mais poderosas do que o brócolis maduro. Como resultado, você não precisa comer grande quantidade para aproveitar os benefícios clínicos de compostos terapêuticos essenciais, tais como o sulforafano.

A pesquisa mostra que mesmo pequenas quantidades de extrato de brócolis têm o poder de reduzir significativamente o tamanho de tumores mamários de ratos induzidos por carcinógenos químicos. Como observado por pesquisadores da Universidade Johns Hopkins:

“Com três dias de idade os brotos de brócolis contêm de  20 a 50 vezes a quantidade de compostos químicos encontrados em cabeças de brócolis maduros, e pode oferecer uma redução do risco de câncer simplesmente  com dieta.”

Além das vantagens acima, os brotos de brócolos proporcionam ácidos graxos essenciais e  fibra, e aumentam a biodisponibilidade de minerais e proteínas de outros alimentos que se cosome. Outra vantagem importante é que você não tem que cozinhar.

Eles são comidos crus, geralmente como um complemento para a salada, tornando-os alimentos de conveniência super saudável. O melhor de tudo é que você pode facilmente e economicamente produzir os brotos de brócolis em casa.

Use levemente o vapor no brócolis para aumentar o conteúdo de sulforafano.

Quando o brócolis maduro é comido cru, ele só recebe cerca de 12 por cento do conteúdo total de sulforafano, teoricamente, disponíveis com base no composto original. Você pode aumentar este valor e realmente maximizar o poder para combater o câncer, preparando adequadamente o brócolis.

A entrevista  com Elizabeth Jeffery, Ph.D., pesquisadora e professora do Departamento de Ciência dos Alimentos e Nutrição Humana da Universidade de Illinois, sobre esta pesquisa, mostra que cozinhar brócolis três a quatro minutos é o ideal. Não vá além de cinco minutos.

Cozinhar no vapor os brócolis de três a quatro minutos irá otimizar o conteúdo do sulforafano, mediante a eliminação da proteína epithiospecifier  (uma proteína sensível ao calor que inativa o sulforofano) mantendo a enzima mirosinase, que converte a glucoraphanin sulforafano. Sem ele, você não pode receber qualquer sulforafano.

Não é recomendável ferver ou cozinhar no microondas o brócolis além de um minuto, uma vez que irá destruir a maioria da mirosinase. Se você quiser ferver brócolis, escalde em água fervente por não mais do que 20 a 30 segundos e, em seguida, mergulhe em água fria para parar o processo de cozimento.

A adição da semente de mostarda pode maximizar ainda mais o conteúdo de sulforafano.

O conteúdo de sulforafano podem ser optimizadas  ainda mas, mediante a adição de um alimento que cotém mirosinase. Conforme relatado pelo Instituto Americano para Pesquisa do Câncer (AICR)

“Os participantes de uma pesquisa comeram um suplemento de brócolis sem mirosinase ativa. Quando os alunos participantes comeram uma outra comida com mirosinase, seus níveis de sulforafano no sangue e urina  foram significativamente maiores do que aqueles que não comeram da alimentação.”

Os alimentos que contêm essa importante enzima incluem:

  • Semente de mostarda
  • Rabanete
  • Wasabi (planta japonesa)
  • Rúcula
  • Salada de repolho

Um estudo de 2013 que incidiu sobre a semente de mostarda – que se diz conter uma forma particularmente elástica de mirosinase – confirmou que a semente de mostarda pode aumentar a formação de sulforafano, mesmo no brócolis cozido. Como foi observado pelos autores da pesquisa:

“A ebulição do brócolis em água impediu a formação de quaisquer níveis significativos de sulforafano  devido  a mirosinase  inativado. No entanto, a adição do pó de sementes de mostarda para o processamento térmico do brócolis aumentou significativamente a formação de sulforafano.”

A adição de um alimento rico em mirosinase é particularmente importante se o brócolis não for cozido no vapor. Por exemplo, brócolis cozido normalmente tem uma mirosinase reduzida como já foi dito anteriormente. Ferver ou cozinhar no microondas pode  conduzir para  menos o conteúdo de sulforafano. Então, se você estiver usando o brócolis cozido, não se esqueça de adicionar um alimento que contém mirosinase (ver lista acima).

Alguns do benefícios do brócolis que pode manter o médico longe.

Os benefícios do brócolis são verdadeiramente notáveis, por isso é bem válido o esforço para adicionar algumas porções de brócolos e / ou brotos de brócolis nas suas refeições  regularmente.

Comprovadamente o brócolis serve para:

  • Suporte de desintoxicação, graças à glucoraphanin e fitonutrientes, gluconasturtiian e glucobrassicin.
  • Reduzir a inflamação, que está na origem de muitas doenças crônicas.
  • Combater as alergias, graças a kaempferol flavonoides.
  • Melhorar a digestão e a saúde intestinal, cortesia da quantidades significativas de fibras.
  • Apoio a saúde dos olhos, graças a altos níveis de carotenóides luteína e zeaxantina.
  • Beneficiar a sua pele, o sulforafano ajuda a reparar os danos da pele.
  • Fornecer vitaminas e minerais importantes, incluindo magnésio, potássio, cálcio, proteínas e vitamina C.
  • Ajudar a reduzir os níveis de açúcar no sangue, porque contém fibra solúvel e cromo.
  • Ajuda a prevenir a saúde do coração e o engrossamento das artérias.

 

Fonte: http://media.mercola.com/assets/html/mercola/citation.htm

 

Para mais informações entre em contato através de e-mail.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s