aspargo

ASPARGO – Asparagus officinalis

O aspargo deve ser ingerido ao natural, já que quando cozido pode irritar os rins, tornando contrário o seu efeito de limpa-los. É indicado nas doenças do fígado, do baço e estômago. Nos problemas do coração combate a hipertrofia e acalma as palpitações. Para o coração se faz uma decocção fervendo 50gr de raízes de aspargo em um litro de água, deixando em repouso até esfriar. Tomar três cálices por dia, entre as refeições principais sem adoçar. Ainda pode ser usado em regimes de emagrecimento fervendo em três quartos de litro de água, 40gr de raízes de aspargo. Bebe-se pela manhã em jejum e durante todo o dia. Esta mesma decocção pode ser administrada a pessoas nervosas e excitáveis.
COMPOSIÇÃO : Vitaminas: A, B (ácido fólio) e C; – Sais minerais: – Ferro; – Cálcio; – Magnésio; – Fósforo; – Glutadiona (antioxidante – anticancerígeno); – Baixo teor de fibras.
VALOR ENERGÉTICO : Em 100 gramas: cozido = 18 calorias; em conserva = 16 calorias.
MODO DE CONSUMO : É mais comum, em conserva, mas pode ser servido fresco, em sopas, refogados, suflês ou até mesmo em saladas.
INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS : Não deve ser consumido por pessoas que apresentam alto teor de ácido úrico no sangue (gota), pois um dos seus componentes, a purina, causa aumento da crise da doença; – Auxilia a digestão; – Tem leve ação diurética e sedativa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s